Sobre pensamentos e confiança

Oi pessoal!

Eu tava ali quietinha lendo um livro – logo logo falarei qual é – que explica bastante sobre a força que o nosso pensamento tem sobre os acontecimentos da nossa vida. Mas disso todo mundo já sabe né? Né? Mesmo?

Só por bom senso nós temos a noção de que ter maus pensamentos e preservá-los não nos faz bem, lógico. Até porque, quanto mais pensamos em coisas ruins, mais nos afundamos nesses pensamentos e acabamos caindo na bad. Sabe quando estamos tristes por algum motivo e em vez de irmos ouvir uma música animada ou conversar com alguém que nos faça sentir melhor, acabamos colocando uma música bem dark pra tocar e ficamos trancados no quarto como se a vida – ou o sentido dela – não existisse mais? Pois é, desde quando isso melhorou o que sentíamos? Ao contrário, só deixou a situação pior do que estava, né verdade?

O post de hoje é justamente para dizer a vocês que o inverso disso também funciona, e mais que isso: se você estiver triste, mas tentar ao máximo evitar pensamentos mais tristes e conseguir resolver seu problema sem cair na bad, você, além de se sentir bem, vai atrair coisas boas!

E isso é lógico não é? Pra mim, não era! Apesar de sempre ter tentado manter os bons pensamentos acima dos ruins, eu nunca havia percebido que esse simples hábito me traria situações que me fariam ainda mais feliz! Traduzindo a vocês o que eu sinto de outra forma, posso dizer que o que chamo de pensamentos bons se trata da confiança que eu tenho de que tudo dará certo, apesar de qualquer coisa! Tenho uma fé inabalável no Ser Superior e tenho certeza absoluta de que Ele faz com que tudo, absolutamente tudo, conspire a favor da minha felicidade! E apesar de eu não ter como explicar e provar que coisas boas me aconteceram em seguida, aos leitores que confiam em mim, digo: faça o teste!

Parece muita audácia da minha parte né? Mas sabe, já provei dos dias em que sai de casa arrumada, maquiada e com um salto enorme, mas me sentindo feia, ou apenas não me sentindo bem, e nesses dias, nenhum elogio foi me dado, nem mesmo um olhar diferente. Mas também já experimentei sair de chinelas havaianas e sem make alguma, mas me sentindo tão bem comigo mesma, que não só uma, mas várias pessoas me olhavam com admiração. Trata-se de auto estima, e me diz, qual a diferença desta auto confiança, com a que descrevi anteriormente? Porque você pode ter certeza de que está bonita, mas não pode ter a certeza de que o Universo conspira a seu favor?

Como acho que já escrevi demais, vou encerrar meu texto falando sobre aquele ditado que diz “colhemos aquilo que plantamos”, e dizer a vocês que isso abrange todas as áreas da nossa vida, todas as relações, e inclusive – e também principalmente – a relação que temos com nós mesmos!

E se não acredita em mim, aviso que você não vai perder nada fazendo o teste! E caso seja difícil acreditar realmente no que você está tentando confiar, inicialmente, indico uma atividade: escreva em uma folha de papel frases que iniciem com “eu sou/sei/tenho” e termine com características boas que você tem, e com com as que você gostaria de ter, exemplo:

“eu sou feliz”
“eu sou confiante”
“eu sou amada”
“eu sei resolver meus problemas”
“eu sei que Deus me ama muito”
“eu sei que tudo conspira a favor da minha felicidade”
“eu tenho amigos incríveis”

E leia todas as frases para si mesma diariamente, se olhando no espelho, até que isso realmente faça parte de você! Confiança é uma das características mais importantes que precisamos ter para sermos felizes, acredite!

Eu disse que ia encerrar o textão e não encerrei né? Beijo beijo beijo!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s